sexta-feira, julho 06, 2007

Recuperação do esforço em provas de 2 dias

As provas de Enduro devido à duração (mais de 4 horas) e à dificuldade, são muito exigente do ponto de vista físico. No final do primeiro dia de competição, em Enduros com 2 dois de provas, o Endurista deverá ter em especial atenção a sua recuperação física para no dia seguinte estar nas melhores condições para enfrentar as grandes dificuldades que caracterizam a modalidade.
Duranteo primeiro dia de prova as reservas orgânicas são consideravelmente diminuídas ou até mesmo esgotadas e acumulam-se no organismo muitas substâncias tóxicas resultantes do metabolismo. Após a competição, a alimentação assume grande importância pois por um lado temos que aumentar as reservas orgânicas de glicogénio, gorduras, vitaminas e sais minerais e por outro lado devemos eliminar o mais rápido possível as substancia tóxica acumuladas.
Assim, mal termine a prova e durante o espaço de tempo que temos para a manutenção da moto até a metermos novamente no parque fechado, devemos beber uma bebida energética (isostar ou outra semelhante). É desaconselhada a ingestão de bebidas alcoolicas pois o seu efeito diurético, que pode provocar a desidratação.

Após colocarmos a moto no parque fechado tiramos a roupa e equipamento utilizado na prova e colocamos um vestuário mais confortável, calções de licra, uma t-shirt e umas meias (se estiver frio). O uso de calçado é desaconselhado pois os pés certamente estarão muito maltratados do longo dia de competição. Realizaremos em seguida uma sessão de alongamentos, pois assim diminuímos o tonus muscular e facilitamos a circulação sanguínea o que se repercutirá positivamente na recuperação muscular.
Começamos com alongamentos suaves ou "faceis" sustendo a posição 20 a 30 segundos pois devido ao esforço realizado o músculo está fatigado e “pouco disposto” a ser alongado. Seguidamente relaxamos entre 10 a 15 segundos.
Depois de efectuar um ou dois alongamentos suaves, passamos a alongamentos forçados mas sem chegar ao ponto de dor, pois esta sensação poderá desencadear um reflexo de contração involuntária e impedir o relaxamento pretendido. Manter a posição de 20 a 30 segundos e depois relaxar 15 a 20 segundos.
O numero de repetições por músculo poderá oscilar entre 4 e cinco mas cada um é que deverá decidir qual o numero de repetições adequado às suas necessidades.
Durante os alongamentos deveremos manter um ritmo respiratório suave e constante evitando conter a respiração.
Durante a realização dos alongamentos devemos beber água e a bebida energética que começamos a beber mal terminamos a prova (agora em menor quantidade).

Terminada sessão de alongamentos o retemperador banho é obrigatório.

Depois de limpos e asseados, devemos fazer uma refeição hipocalórica e hipoproteica, essencialmente constituída massas ou outros glúcidos para refazermos as reservas de glicogénio hepático e muscular. Devemos exagerar um pouco no sal da comida para aumentar o aporte de sódio e de cloro, beber sumo de tomate ou laranja e comer pêssegos ananás ou bananas.
Depois de algum tempo dedicado ao convívio com familiares ou amigo, deveremos repousar dormindo cerca de 8 horas.

2 comentários:

nacnac disse...

Ora aí estão dois bons post´s para se aprender com quem sabe:)

vasco disse...

Obrigado nacnac. Penaé que nesta modalidade poucos se interessem por estes aspectos, que são essenciais para melhorar as nossas prestações.